Mãe da Rua do Disco

Não sei o porquê, mas sempre que sento e paro para escrever sempre me vem à mente falar sobre sonhos, sobre conquistar, superar... Até parece que sou a pessoa mais ambiciosa do mundo – mas, acreditem, não sou. Acontece que vibra em mim um desejo de ajudar as pessoas, de mudar o mundo. De viver uma realidade que seja melhor para todos. Ultimamente, tem me doído muito pensar sobre o tipo de humanos que estamos nos tornando. Damos importância para tantas coisas inúteis, fúteis... Temos uma falsa sensação de sermos importantes para as outras pessoas, devido às redes, contudo, não raras vezes, nos vemos sozinhos quando estamos sofrendo algum mal; sem ter nenhum entre nossos três mil amigos no Facebook com quem possamos contar.




Cada vez mais sinto nossas bases enfraquecidas. Somos um povo sem raízes, sem tradições, sem passado. Não vemos mais as pessoas parando para refletirem sobre a vida, a não ser a vida dos personagens das novelas. A pouca sabedoria que ainda se encontra percebo nos “velhos”, porém está obsoleta, já que lhes falta um ouvido disposto a aprender suas lições.

Eu me lembro com carinho do tempo em que ficava na rua, brincando de “mãe-da-rua-do-disco”... Naquele tempo as crianças tinham um repertório musical vasto em suas cabecinhas... Eu mesmo era ótima. Não me faltavam canções. Podia me dar o artista/palavra que fosse... Dificilmente me pegariam sem resposta. Atualmente meu marido e eu indagamos um garotinho de oito anos (mais velho do que eu era quando brincava de “mãe-da-rua-do-disco”) sobre músicas que ele conhecia. Ficamos muito tristes ao saber que ele conhece apenas dois tipos de música: o sertanejo universitário e o funk. (Lamentável). Quase todas as poucas músicas que conhece contém conteúdo impróprio para sua idade. E se pode ser ainda pior, seu repertório não chegou a dez canções.

Gostaria de voltar a ver as crianças brincando também de forma a enriquecê-las culturalmente.  Mas como mencionei no início, falo muito sobre sonhos...


HIURI DE LA ROSA

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigado por entrar em contato conosco. Esperamos que tenha momentos agradáveis tomando esse Chá Conosco. Em breve responderemos.